Pesquisar

Homem preso após fugir de hospital em Jacobina é solto por falta de provas

Foto: Reprodução Jacobina Notícias

Um homem que teve sua imagem comparada ao retrato falado de um suspeito de assassinar a menina Beatriz em 2015, em Petrolina-PE.


Após fugir de um hospital em Jacobina, o suspeito que ainda não teve identidade revelada foi ouvido pela Polícia Civil de Senhor do Bonfim.

De acordo com informações divulgadas pelo repórter Ivan Silva, da Rádio Caraíba FM, a rádio Jaraguar de Jacobina, o suspeito que ontem após fugir do hospital em Jacobina foi detido na cidade de Pindobaçu pela Guarda Municipal daquela cidade com o apoio de um policial civil, ele negou envolvimento na morte de Beatriz mas confessou ter matado a ex-companheira no ano de 2018 na cidade de Fortaleza – CE. Ele “saiu do flagrante”, se apresentou na delegacia, e após ser solto ele informou que entrou em depressão e fugiu de sua cidade e virou andarilho.

No complexo policial, a delegada Elísia Padilha após ser feito um levantamento foi constatado que o andarilho não tinha envolvimento com a morte da menina Beatriz e ele foi liberado.

Ainda de acordo com reportagem, o andarilho, ate de sair da recepção da delegacia, foi até o balcão da delegacia e informou que queria registrar um boletim de ocorrência porque ele teria passado por constrangimento e até mesmo correu o risco de ser lixado pela população, esse risco ele informou que ainda está ocorrendo porque sua imagem está circulando em diversos blogs e grupos de WhatsApp.


Segundo Ivan, o homem ficou internado no hospital de Jacobina porque usou um nome falso e que usou o nome falso temendo ter mandado de prisão em aberto contra ele e por isso usou nome falso e fugiu da unidade hospitalar.


Postar um comentário

0 Comentários