Pesquisa

Em vez de 4G, Anatel decide levar rede de fibra óptica a todo o país

Em vez de 4G, Anatel decide levar rede de fibra óptica a todo o país

Relator da proposta, Emmanoel Campelo, do Conselho Diretor da agência, diz que universalização pode ocorrer até 2025

DO R7
Fibra óptica leva rede mais rápida a todo o país
Fibra óptica leva rede mais rápida a todo o país

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) aprovou na quinta-feira (26) uma minuta de uma proposta para levar fibra óptica a todos os 1.511 municípios do país que ainda não contam com a tecnologia. 

Em sua 893ª reunião ordinária, a agência aceitou mudar uma das metas do plano de universalização das telecomunicações, criada ainda no governo Temer. A proposta será encaminhada ao Conselho Consultivo da Anatel e ao Ministério das Comunicações, para então ser efetivada por meio de decreto presidencial.

Segundo o projeto, as obrigações de implantação de banda larga de quarta geração, ou 4G, serão substituídas por metas de comunicação dos municípios por meio de linhas de alta capacidade de transmissão de dados, o chamado backhaul.

Segundo o relator da proposta no Conselho Diretor da Anatel, Emmanoel Campelo, com o mesmo saldo que seria usado para as metas de 4G será possível levar fibra a todos os municípios do país.

"Significa dizer que com essa obrigação, todas as sedes municipais brasileiras, ao final da meta [em 2025] estarão conectadas por rede de fibra óptica”, afirmou Campelo.

Postar um comentário

0 Comentários